CIDADEDESTAQUE

Sítios Arqueológicos de Ipu são homologados pelo IPHAN

Após alguns anos de espera, os Sítios Arqueológicos descobertos no município de Ipu, no Ceará, foram homologados pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN).

Os sítios, localizados na Serra da Ibiapaba, são compostos por dois conjuntos de arte rupestre, com pinturas e gravuras de animais, figuras geométricas e antropomorfas. Eles são datados do período pré-colonial e são considerados de importância nacional.

Com a homologação, os sítios passam a ser protegidos pela legislação brasileira, que proíbe a destruição, a alteração e a remoção de bens culturais.

A Prefeitura Municipal de Ipu informou que, em breve, irá elaborar um plano de conservação e visitação dos sítios. Por enquanto, eles não estão abertos ao público, pois não têm trilhas estruturadas.

É importante, por segurança das pessoas e dos Sítios, que as pessoas não busquem acesso. Tanto ainda não é seguro para as pessoas (mata fechada, animais etc.) como temos que evitar também o vandalismo nesses importantes Sítios para nosso município.

A homologação dos sítios arqueológicos é um importante marco para o município de Ipu, que tem um rico patrimônio histórico e cultural. Os sítios podem se tornar um importante atrativo turístico e um laboratório ao ar livre para estudantes e pesquisadores.

Registro da visita técina do Iphan em novembro de 2022

A importância dos sítios arqueológicos

Os sítios arqueológicos são importantes porque eles nos ajudam a compreender a história da humanidade. Eles nos fornecem informações sobre as culturas que viveram no passado, seus costumes, suas crenças e sua arte.

A preservação dos sítios arqueológicos é essencial para que possamos continuar a aprender sobre o nosso passado.

Leia também

error: O conteúdo está protegido !!