REGIONAL

MP Eleitoral denuncia vereador por compra de votos na zona rural de Ipueiras

O Ministério Público Eleitoral (MPE) denunciou, no dia 9 de fevereiro, um vereador do município de Ipueiras por compra ilícita de votos. Na eleição de 2020, o então candidato foi flagrado, na véspera do pleito eleitoral, comprando votos no distrito de Balseiros. A denúncia foi interposta pelo promotor de Justiça João Batista Fontenele Neto, promotor eleitoral da 40ª Zona Eleitoral, que abrange as comarcas de Ipueiras e Poranga.  

De acordo com o Inquérito Policial da Polícia Federal, em 13 de novembro de 2020, por volta de 10h30, o vereador José Rodrigues Lima, conhecido como “Zezão do Banco”, foi flagrado oferecendo e prometendo dinheiro, com o fim de obter votos, a moradores de Ipueiras. No carro em que o vereador estava com um passageiro, já falecido, foi encontrado material que caracteriza a compra de votos, como lista de eleitores, valores, quantidade de votos, adesivos e santinhos da campanha de “Zezão do Banco”. Nas listas, os nomes dos eleitores estavam relacionados a valores (R$ 50 a R$ 300), à quantidade de votos por nome e a objetos, como pneus para moto.   

Devido à dificuldade em ouvir testemunhas residentes na zona rural, as investigações se encerram recentemente. Em razão das circunstâncias, o vereador foi denunciado como incurso por duas vezes no crime do artigo 299 do Código Eleitoral, que dispõe sobre compra ilícita de votos.   

error: O conteúdo está protegido !!