CEARA

Suspeito de matar policial civil é morto a tiros em confronto com a Polícia

Policial civil é morto a tiros em Granja; dois adolescentes e um adulto são presos

Um policial civil foi morto a tiros na noite do último domingo (17) no bairro Boca do Acre, em Granja, no interior do Ceará. A vítima, identificada como inspetor Gilcelio Félix de Almeida, de 41 anos, foi atingida por disparos de arma de fogo em via pública.

Segundo a Polícia Civil, dois adolescentes e um adulto foram presos suspeitos de envolvimento no crime. O adulto, identificado como Edivando Sales dos Santos, de 19 anos, foi morto em confronto com policiais.

Ainda de acordo com a polícia, os adolescentes, de 16 e 17 anos, levaram a arma do policial para casa de um amigo, identificado como “Macarrão”. Macarrão, por sua vez, levou a arma para a casa de Yego, que é primo de Edivando.

Yego levou os policiais até a casa de Edivando, onde houve um confronto. Edivando foi atingido e morreu no local.

A arma do policial foi recuperada e o material apreendido foi encaminhado para a delegacia. O caso será investigado pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

error: O conteúdo está protegido !!