Diocese de Sobral nega afastamento de padre que participou de festa à fantasia

O padre que se envolveu em polêmicas ao participar de uma festa à fantasia em Fortaleza cumprirá “ano sabático”, conforme decisão divulgada pela Diocese de Sobral. O caso repercutiu em setembro deste ano quando o padre Renato Welton Farias, da paróquia de Martinópole, publicou nas redes sociais imagens dele no evento usando uma vestimenta semelhante a uma batina, ao lado de um rapaz vestido de “demônio”.

Ainda em setembro, a Diocese publicou nota informando que o padre teria um ano sabático. Em nova nota nessa terça-feira, 29, o Bispo de Sobral, Dom José Luiz Vasconcelos, negou que o padre tenha sido afastado das obrigações. (veja na imagem abaixo)

Ele informou que termo “ano sabático” foi compreendido e noticiado de maneira equivocada.

“Não se trata nem de um afastamento das funções sacerdotais nem muito menos de uma suspensão de ordem, mas, conforme está previsto, de uma possibilidade para os sacerdotes se dedicarem mais aos estudos, ao convívio com a família de origem, ao cuidado da própria saúde, a refletir melhor sobre a vocação, à formação permanente, a outras experiências pastorais, ao revigoramento espiritual e apostólico”, diz em nota.

Ao final da nota, o Bispo ressalta que o ano sabático foi sugestão do próprio padre e que a decisão foi tomada em comunhão com a diocese após um processo de discernimento.

error: O conteúdo está protegido !!