Robério participa do evento que tornou Viçosa do Ceará, a capital da cachaça no Ceará

O prefeito de Ipu, Robério Rufino (PSB), esteve na última quinta-feira (05/01), no evento que oficializou a cidade de Viçosa do Ceará, na Serra da Ibiapaba, como a capital da cachaça do estado do Ceará. O reconhecimento se deu, após aprovação do projeto de lei na Assembleia e sancionado pelo governador Elmano de Freitas (PT).

Elmano e Robério no Palácio da Abolição, sede do Governo

O prefeito de Ipu destacou que a Ibiapaba está unida em prol do desenvolvimento da região. ““Registro com o Governador do Estado, Elmano de Freitas, ontem, no Palácio da Abolição, momento de conquista para a Ibiapaba, onde a linda cidade de Viçosa do Ceará foi oficialmente reconhecida a capital da cachaça no Ceará.

Para o governador o Governado do Estado o título aprovado na Assembleia Legislativa do Ceará (Alce), reconhece a atividade econômica e fomenta o desenvolvimento e turismo na região. O projeto de lei instituindo Viçosa do Ceará como a capital cearense da cachaça foi de autoria dos deputados estaduais Fernanda Pessoa e Danniel Oliveira.

A cachaça produzida em Viçosa é reconhecida nacionalmente por sua qualidade e quantidade.

Entenda a notícia.

Segundo relatório anual do Ministério da Agricultura (Mapa), a cidade de Viçosa do Ceará tem a maior concentração de alambiques e cachaçarias em relação ao total registrado em estado dentre todas as federações.

Ao todo, são mais de 100 alambiques na Serra da Ibiapaba, dos quais 49 estão em Viçosa. O reconhecimento também fortalece a posição do Ceará como terceiro produtor mais relevante do Brasil, conforme o Instituto Brasileiro da Cachaça (Ibrac).

error: O conteúdo está protegido !!