Motorista de app colide em viatura da PM para se salvar de assalto em Maracanaú

Um motorista de aplicativo ficou sob o poder de dois suspeitos de assalto e colidiu em uma viatura da Polícia Militar do Ceará (PMCE), em Maracanaú, para se salvar da dupla, que o ameaçava com uma faca. O caso foi registrado nesta segunda-feira, 12. Os dois suspeitos foram presos

O POVO apurou que por volta das 3 horas da madrugada, o motorista voltava de uma visita ao hospital, pois estava com a mãe internada. Ele resolveu ligar o aplicativo e foi chamado para uma corrida no bairro Pedras.

Os dois suspeitos, que se passavam por passageiros, informaram que iriam ao Conjunto Palmeiras. No entanto, um desses rapazes teria pedido que o motorista parasse o carro, pois precisaria vomitar.

Neste momento, quando o passageiro voltou, os dois anunciaram o assalto, conforme a investigação policial. O motorista não sabia o que eles encostaram em seu pescoço, mas após a abordagem da Polícia, ele descobriu que se tratava de uma faca.

Conforme fonte, o motorista disse aos homens que eles levassem o que quisessem. De acordo com o relato da vítima, a dupla pegou o aparelho celular dele e o obrigou a entrar no aplicativo do banco para que fossem realizadas transferências bancárias. 

A vítima dirigiu aproximadamente um quilômetro e meio e passou pelo 4º Anel Viário, quando avistou, de longe, uma viatura. Naquele momento, o profissional foi atrás do carro da Polícia Militar e provocou uma batida lateral.

Ao sair do carro, a vítima colocou as mãos para cima, e os PMs entenderam que havia algo de errado. Os agentes de segurança fizeram a abordagem e prenderam os dois suspeitos com uma faca.

Os policiais militares responsáveis pela prisão são do 14º Batalhão da Polícia Militar, em Maracanaú. Os presos foram identificados como Isac Alves Tavares, de 18 anos, e Pablo Jesus Sousa Maia, 21; ambos foram autuados em flagrante na Delegacia Metropolitana de Maracanaú. 

Segundo a PM, os dois suspeitos foram presos ainda na madrugada.

“A equipe policial fazia deslocamento no bairro Distrito Industrial 3, quando foi surpreendida com uma colisão lateral na viatura. O motorista de 42 anos bateu na viatura como uma forma de pedir socorro, pois estava sendo vítima de roubo por parte de dois suspeitos no interior do seu veículo. De pronto, os policiais militares abordaram o veículo e efetuaram a prisão dos indivíduos”, informo a corporação.

(O Povo)