CIDADE

Mãe dá à luz dentro de ambulância entre os municípios de Hidrolândia e Ipu, e homenageia médicos

A pequena Francisca Ayla já veio ao mundo com emoção. Ela nasceu, na noite do último dia 21 de janeiro, em ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192) Ceará, entre os municípios de Hidrolândia e Ipu, Região Norte do Estado. A mãe, Luana Rodrigues, 42 anos, estava com 39 semanas de gestação.

O nome da criança seria Ayla Vitória, mas como alguns integrantes da equipe que ajudou no parto chamam-se Francisco, a mãe resolveu mudar o primeiro nome da recém-nascida como forma de homenagear os profissionais. “Foi uma sensação única, emoção que não cabe no peito”, disse ela.

O médico Francisco Djailson Muniz trabalha no Samu Ceará há quase quatro anos. Foi a primeira vez que realizou um parto dentro da ambulância. “Foi um momento gratificante e uma sensação indescritível. Ajudar uma vida a vir ao mundo, ver nos olhos e no sorriso da mãe a felicidade de ter seu filho nos braços, é sempre muito satisfatório”, destacou o profissional.

“O atendimento foi maravilhoso para toda equipe, com bastante segurança. Agradeço a Deus por colocar esses profissionais capacitados no meu caminho”, disse Luana, emocionada.

A recém-nascida de 2,8 kg é a caçula de três filhos. Mãe e bebê recebem os cuidados no hospital de Ipu, e passam bem. Além do médico, participaram da ocorrência o enfermeiro Francisco Sales e o condutor socorrista Wagner Lopes.


Condutor-socorrista Wagner Lopes, médico Francisco Djailson e o enfermeiro Francisco Sales

O médico realizou a manobra de parto pélvico na gestante que ocorre quando o bebê nasce sentado. “O parto pélvico possui seus riscos, mas a equipe é preparada para essas possíveis eventualidades e conseguimos realizar sem nenhuma intercorrência”, finalizou Muniz.

error: O conteúdo está protegido !!