REGIONAL

Hidrolandense morre junto com enteada após desabamento de casa no Rio de Janeiro

Uma casa de três andares desabou na comunidade da Vila Kennedy, em Bangu, na zona oeste do Rio de Janeiro, na manhã desta segunda-feira (24/7). Havia três pessoas dentro do imóvel, uma mulher e uma adolescente não resistiram aos ferimentos e morreram. A suspeita é de que a queda tenha sido causada pela explosão de um botijão de gás.

Uma das vítimas, de 42 anos, segundo informações, é natural do município de Hidrolândia (CE), da região do distrito de Conceição, que ficou soterrada junto com as duas enteadas adolescentes. De acordo com o Corpo de Bombeiros, a madrasta e a adolescente de 12 anos morreram logo depois de serem retiradas dos escombros.

O corpo de Gabrielly Juvenal da Silva e da madrasta, que não teve a identidade revelada, foram encaminhados para o Instituto Médico-Legal (IML).

A terceira vítima do desabamento, Camille Juvenal da Silva, de 15 anos, foi encaminhada para o Hospital municipal Albert Schweitzer, em Realengo. Logo depois, a jovem foi transferida para o Hospital municipal Miguel Couto, no Leblon. O estado de saúde da adolescente é considerado grave, mas estável.

A Defesa Civil do Rio de Janeiro realiza vistorias no local para verificar se as construções próximas foram abaladas pelo desabamento. O caso está sendo investigado pela 34ª DP em Bangu.

(Via A voz de Santa Quitéria Com informações do Metrópoles)

error: O conteúdo está protegido !!