CIDADEPOLICIAL

Antes de ser executado, Samurai já teve a esposa morta em outro atentado ocorrido há 9 anos

Na tarde desta terça-feira (26/03), o ex-presidiário Francisco Gilliard Ferreira do Nascimento, conhecido como “Samurai”, de 40 anos, e sua prima foram brutalmente assassinados a tiros no município de Ipu, Ceará. O crime, que aconteceu em plena luz do dia, causou grande comoção na comunidade local.

Segundo informações, Samurai e sua prima, Ana Glaucia Ferreira de Sousa, de 57 anos, estavam em um veículo com a esposa e o filho de 4 anos, quando foram interceptados por homens fortemente armados. Os criminosos dispararam diversos tiros contra o carro, matando dois dos quatro ocupantes do Fiat Toro.

Investigações em andamento

A Polícia Civil do Ceará está investigando o crime e ainda não há informações sobre a motivação ou a identidade dos autores.

Histórico de violência

Este não foi o primeiro atentado contra a vida de Samurai. Em dezembro de 2015, ele e sua esposa foram vítimas de um tiroteio no Bairro Pereiros, em Ipu. Na ocasião, sua esposa Francisca Selva Mendes Mota, 27 anos, foi morta e Samurai ficou gravemente ferido, mas conseguiu sobreviver.

Relembre o caso de 2015:

  • Data: 05 de dezembro de 2015
  • Local: Bairro Pereiros, Ipú, Ceará
  • Vítimas:
    • Mulher morta com tiros na cabeça (Francisca Selva Mendes Mota)
    • Samurai (ferido gravemente, mas sobreviveu)
  • Circunstâncias:
    • Samurai e sua esposa estavam em um carro quando foram interceptados por dois homens em uma moto.
    • Os criminosos dispararam diversos tiros contra o carro.
error: O conteúdo está protegido !!